Tudoem Campinas
Tudoem Campinas Tudoem Campinas Tudoem Campinas

Close
Fechar
Conheça as outras cidades onde o Tudoem esta presente
Tudoem Campinas

Beleza e educação ambiental

Fonte:Prefeitura Municipal de Campinas
Tudoem Campinas
Tudoem Campinas

Árvores brindam usuários da Glicério com beleza e educação ambiental

Além do valor paisagístico e da melhoria do clima local, as 99 árvores instaladas em grandes vasos ao longo da avenida Francisco Glicério prestam-se, agora, também à prática de educação ambiental. A razão é que, a partir desta semana, qualquer pessoa que tiver um celular em mãos poderá acessar os Qr Codes recém-instalados nas floreiras e obter informações sobre a espécie arbórea plantada assim como do animal grafitado no recipiente. A ferramenta permite, ainda, a visão georreferenciada dos exemplares implantados na avenida.

As informações fornecidas pelo QR Code são os nomes popular e científico das árvores plantadas e dos animais grafitados; família; ocorrência; características; porte; dispersão ou reprodução; utilidades; se a espécie está em extinção, entre outros dados. Já, pelo georreferenciamento, é possível ver uma foto aérea situando a árvore na avenida, com o endereço completo e as coordenadas geográficas de latitude e longitude.

Segundo o gestor de suporte da Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS), Marcos Roberto Boni, o QR Code pode ser considerado uma nova ferramenta de educação ambiental no município. A ideia é que educadores ambientais percorram as calçadas com os alunos e, depois, discutam o tema em sala de aula.

“Todo mundo já ouviu falar de pau-brasil, jatobá e outras espécies ‘famosas’, mas pouca gente sabe relacionar o nome à figura. Creio que vamos atrair a atenção principalmente das crianças, que normalmente têm muita curiosidade e interesse por animais”, avalia Boni.

Paisagismo

O projeto de paisagismo da avenida Francisco Glicério começou a ser implantado no final de outubro de 2017, com a instalação de 99 grandes floreiras com árvores nas calçadas entre as avenidas Orosimbo Maia e Aquidabã. Nelas, foram plantadas árvores de espécies diversas da flora nativa como ipês amarelos, ipês rosas, pau brasil e outras. São cerca de dez espécies diferentes, para garantir que a floração ocorra o ano todo e a avenida esteja sempre bonita. Vale destacar que foram plantadas árvores já formadas, com raízes, e com cerca de 2 metros e meio de altura.

Cada um dos 99 vasos foi grafitado pelo artista plástico Alexandre Filiagi, com imagens de animais silvestres da fauna predominante no corredor ecológico da Mata de Santa Genebra.

São, ao todo, 55 vasos do lado direito da via, e 44 vasos do lado esquerdo. Como as calçadas do lado direito são mais largas, esses equipamentos têm a medida de dois metros de comprimento por um metro de altura, e 75 centímetros de largura. No lado direito da via, as peças têm um metro de altura e de comprimento, e 75 centímetros de largura.

Balanço

Boni, que coordenou os trabalhos de implantação das floreiras, avalia como positivos os resultados. “Esse projeto prova que o grafite é uma maneira eficiente de se combater a poluição visual das pichações”, disse, revelando que das 396 faces grafitadas dos vasos, apenas uma foi rabiscada.

O gestor relata, ainda, que a população está adotando informalmente os equipamentos. “As pessoas têm cultivado várias ervas e plantinhas nas floreiras, embelezando e protegendo contra o descarte de lixo. Essas atitudes são muito bem-vindas”, afirmou.

Ainda não faz um ano que as floreiras foram instaladas e os usuários da Francisco Glicério já foram contemplados com a floração das quaresmeiras, em meados deste ano, e, agora, com a dos ipês. A previsão é de que em três anos, todas as árvores estejam em todo o seu esplendor.

Compromisso ambiental

Os códigos QR Code e a instalação das floreiras na avenida Francisco Glicério são resultados de Termos de Compromissos Ambientais (TCAs) assumidos pela construtora MRV frente com a Prefeitura de Campinas . O compromisso prevê, também, que a construtora faça o acompanhamento e manutenção das árvores pelo período de dois anos. Depois, os equipamentos passam aos cuidados do Departamento de Parques e Jardins (DPJ).

Autor

Tudoem

Prefeitura Municipal de Campinas

Prefeitura Municipal de Campinas

sac@campinas.sp.gov.br

http://www.campinas.sp.gov.br/

Comentários

Melhores Fotos em Campinas

  • Tudoem Campinas
  • Tudoem Campinas
  • Tudoem Campinas
  • Tudoem Campinas
  • Tudoem Campinas
  • Tudoem Campinas
  • Tudoem Campinas
  • Tudoem Campinas
  • Tudoem Campinas
  • Tudoem Campinas

Siga-nos

Voltar ao Topo